27/02/2015

O Islão - uma perspetiva

 

 

 O SILÊNCIO DOS SENSATOS É A MINHA GRANDE PREOCUPAÇÃO" LUTHER KING"

Uma perspetiva do Islão

  O autor deste e-mail é dito ser o Dr. Emanuel Tanya, um conhecido e respeitado psiquiatra. Um homem cuja família pertencia à aristocracia alemã antes da segunda guerra mundial e era proprietário de uma série de grandes indústrias e propriedades.
 
  Quando perguntado sobre quantos alemães eram verdadeiros nazis, sua resposta pode guiar nossa atitude em relação ao fanatismo: 'Muito poucas pessoas foram verdadeiras nazis', disse ele, 'mas muitos gostaram do regresso do orgulho alemão e muitos mais estavam demasiado ocupados para se importarem com isso’. Eu era um dos que pensavam que os nazis não eram mais que um bando de idiotas.
 
 Assim, a maioria limitou-se a ficar sentada e a deixar tudo acontecer. E antes que nos apercebêssemos eles eram donos de nós, tínhamos perdido controlo da situação e tinha chegado o fim do mundo. Minha família perdeu tudo, eu acabei num campo de concentração e os aliados destruíram minhas fábricas.'
  
>>> Tem-nos sido dito repetidas vezes por "especialistas" e "comentadores" que o Islão é uma religião de paz e que a grande maioria dos muçulmanos só quer viver em paz. Ainda que esta afirmação possa ser verdadeira, ela é totalmente irrelevante. É treta sem sentido destinada a nos fazer sentir melhor e a minimizar o fantasma do alvoroço mundial em nome do Islão. Porém o facto é que são os fanáticos que mandam no Islão neste momento da história.
>>>
>>> São os fanáticos que conduzem, são os fanáticos que empreenderam todas as 50 pungentes guerras no mundo, são os fanáticos que sistematicamente trucidam grupos cristãos ou tribais através da África e estão gradualmente tomando conta de todo o continente numa onda islâmica, são os fanáticos que bombardeiam, decapitam, assassinam em nome da lei, são os fanáticos que se vão apoderando das mesquitas, são os fanáticos que zelosamente espalham a tradição do apedrejamento e enforcamento das vítimas de violação e dos homossexuais, são os fanáticos que ensinam seus filhos a matar e a tornar-se bombistas suicidas.
>>>
>>> Os factos, rigorosos e quantificáveis demonstram que a maioria pacífica, a ‘maioria silenciosa', é cobarde e irrelevante.
>>>  
>>> A Rússia comunista era formada de russos que apenas queriam viver em paz, contudo os comunistas russos foram responsáveis pelo massacre de cerca de 20 milhões de pessoas (aliás 90; só 30 milhões por conta dos 16 anos do reinado de Lenine - Obs de PG). A maioria pacífica era irrelevante.
>>>
>>> A enorme população da China também era pacífica, porém os comunistas chineses conseguiram matar uns 70 milhões de pessoas.
>>>  
>>> O japonês médio antes da segunda guerra mundial não era um sádico belicista. Todavia o Japão fez um percurso de assassinatos através do Sudeste Asiático numa orgia de matança que incluiu o sistemático abate de 12 milhões de chineses civis, mortos à espada, à pá e à baioneta.
>>>  
>>> E quem pode esquecer o Ruanda, que colapsou numa carnificina. Não poderíamos dizer que a maioria dos ruandeses eram 'amantes da paz'?
>>>  
>>> As lições da história são incrivelmente simples e claras, porém apesar de todo o nosso poder de raciocínio, falhamos a percepção dos pontos mais básicos e simples.
>>>
>>> Os muçulmanos amantes da paz tornaram-se irrelevantes através do seu silêncio. Os muçulmanos amantes da paz tornar-se-ão nossos inimigos se não marcarem posição, pois que, à semelhança do meu amigo alemão, eles irão acordar um dia e descobrir que os fanáticos são seus donos e que o fim do seu mundo terá começado.
>>>  
>>> Alemães, japoneses, chineses, russos, ruandeses, sérvios, afegãos, iraquianos, palestinos, somalis, nigerianos, argelinos e muitos outros amantes da paz têm morrido porque a maioria pacífica não tomou posição até ser demasiado tarde. Quanto a nós que assistimos a todo este desenrolar, temos de prestar atenção ao único grupo que conta - os fanáticos que ameaçam nosso modo de vida.
>>>  
>>> Por último, quem quer que tenha dúvidas de que o problema é grave e simplesmente apague este e-mail sem o enviar, está contribuindo para a passividade que permite que o problema se intensifique. Por isso estique-se um pouco e retransmita esta mensagem uma e outra vez e ainda outra vez! Esperemos que milhares de pessoas em todo o mundo leiam isto, pensem nisto, e passem a mensagem.
>>>  
>>> Antes que seja tarde demais!

 

 

 

TEMPOS MODERNOS... ...SEM COMENTÁRIOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Durõao Barroso

Passou 10 anos a dizer e a fazer o contrário do que agora disse nesta sua primeira lição.

Por alguma razão foi parar à UE?

Será que quer voltar aos tempos do seu MRPP?

Salário minimo triplica

Como este país está melhor em cada dia que passa.

Há por aí quem diga que não há investimento  estrangeiro e até nacional porque as leis do Trabalho não “deixam”

Com contrato de trabalho ao dia, à semana e ao mês, com o desemprego ao nível que está e ao preço do salário mês, o que mais precisam os investidores?

Terceira idade



 

 

 

 

 

 

In Internet

26/02/2015

Joana Marques Vidal - politicamente correcta?

As respostas politicamente correctas da Procuradora-Geral

A entrevista da Procuradora-Geral da República (PGR), Joana Marques Vidal, ao Público e à Rádio Renascença, está cheia de respostas politicamente correctas. No que se refere ao segredo de justiça no processo Marquês, a PGR “chuta para canto”: “o Ministério Público e a procuradora-geral têm ficado indignados”, diz, mas, ao mesmo tempo, duvida que essas violações possam partir dos magistrados e chama “deslizes” a “alguma violação” que possa ter resultado  de “alguns contactos mais próximos” de “magistrados com jornalistas” que, para a Procuradora, “se existirem são muito limitados, para não dizer que não existem.”
Chamar “deslizes” às fugas de informação de partes de processos (estejam ou não em segredo de justiça) dirigidas a certos jornalistas é não conhecer a teia de relações e de cumplicidades existentes entre jornalistas, magistrados do Ministério Público e investigadores da polícia criminal. Ou a Procuradora não conhece o “meio” em que se move e era bom que começasse a prestar-lhe mais atenção ou está, deliberadamente, a deitar poeira nos olhos dos portugueses
Se o Ministério Público estivesse realmente interessado em evitar e punir os membros do MP que mantêm com os jornalistas uma relação promíscua, criaria instrumentos de comunicação formais, com a instituição de porta-vozes que informassem periodicamente os jornalistas e através deles os cisdadãos sobre o andamento dos processos e das decisões que podem e devem ser conhecidas em tempo adequado, como acontece em vários países da Europa em que a relação da justiça com os media se processa com normalidade e transparência.
Tão ou mais grave do que a displicência com que a Procuradora se refere às violações do segredo de justiça é a naturalidade com que afirma que “há uma rede que utiliza o aparelho de Estado” para a corrupção.
Uma tal afirmação, deixada cair no meio de uma entrevista, não deve ser para levar a sério. Quando não, a Procuradora identificaria os seus responsáveis e anunciaria as medidas que tomou ou vai tomar para prender os seus membros.
As  acusações da Procuradora-Geral a outros agentes da justiça, entre os quais os advogados, teve já resposta da bastonária da Ordem dos Advogados, o que sendo mau para a imagem da justiça talvez tenha o mérito de fazer luz sobre alguns aspectos menos transparentes de um poder sem controle, como aquele em que se transformou a justiça portuguesa.

Freitas do Amaral a arrasar...


Oiçam com paciência aqui neste link

Enterro em Cuba - traslado

 Consequências dos anos da família Castro...

Toda a família em Cuba se surpreendeu quando chegou de
Miami um ataúde com o cadáver de uma tia muito querida.

O corpo estava tão apertado no caixão que o beiço
estava colado no visor de cristal....

Quando abriram o caixão encontraram uma carta, presa
na roupa com um alfinete, que dizia assim:

Queridos Papai e Mamãe,

Estou lhes enviando os restos de tia Josefa para que
façam seu enterro em Cuba, como ela queria.

Desculpem por não poder acompanhá-la, mas vocês
compreenderão que tive muitos gastos com todas as coisas que,
aproveitando as circunstâncias, lhes envio.

Vocês encontrarão, dentro do caixão, sob o corpo, o seguinte:

12 latas de atum Bumble Bee,

12 frascos de condicionador,

12 de xampu Paul Mitchell,

12 frascos de Vaselina Intensive Care (muito boa para
a pele. Não serve para cozinhar!),

12 tubos de pasta de dente Crest,

12 escovas de dente,

12 latas de Spam das boas (são espanholas),

4 latas de chouriço El Miño.

Repartam com a família, sem brigas!

Nos pés de titia estão um par de tênis Reebok novos,
tamanho 39, para o Joseíto (é para ele, pois com o cadáver de
titio não se mandou nada para ele, e ele ficou
amuado).

Sob a cabeça há 4 pares de 'popis' novos para os
filhos de Antônio, são de cores diferentes (por
favor, repito não briguem!).

A tia está vestida com 15 pulôveres Ralph Lauren, um é
para o Robertinho e os demais para seus
filhos e netos.

Ela também usa uma dezena de sutians Wonder Bra (meu
favorito), dividam entre as mulheres;

Também os 20 esmaltes de unhas Revlon que estão nos
cantos do caixão. As três dezenas de
calcinhas Victoria's Secret devem ser repartidas entre
minhas sobrinhas e primas.

A titia também está vestida com nove calças Docker's e
3 jeans Lee.

Papai, fique com 3 e as outras são para os meninos.

O relógio suíço que papai me pediu está no pulso
esquerdo da titia.
Ela também está usando o que mamãe pediu (pulseiras,
anéis, etc).
A gargantilha que titia está usando é para a prima
Rebeca, e também os anéis que ela tem nos
pés.
E os oito pares de meias Chanel que ela veste são para
repartir entre as conhecidas e amigas, ou,
se quiserem, as vendam (por favor, não briguem por
causa destas coisas, não briguem).
A dentadura que pusemos na titia é para o vovô, que
ainda que, não tenha muito o que mastigar,
com ela se dará melhor (que ele a use, custou caro).
Os óculos bifocais, são para o Alfredito, pois são do
mesmo grau que ele usa, e também o chapéu
que a tia usa.
Os aparelhos para surdez que ela tem nos ouvidos são
para a Carola..
Eles não são exatamente os que ela necessita, mas que
os use mesmo assim, porque são
caríssimos.
Os olhos da titia não são dela, são de vidro.
Tirem-nos e nas órbitas vão encontrar a corrente de
ouro para o Gustavo e o anel de brilhantes para o
casamento da Katiuska.

A peruca platinada, com reflexos dourados, que a titia
usa também é para a Katiuska, que vai
brilhar, linda, em seu casamento.

Com amor, sua filha

Carmencita.

PS1: Por favor, arrumem uma roupa para vestir a tia
para o enterro e mandem rezar uma missa
pelo descanso de sua alma, pois realmente ela ajudou
até depois de morta.
Como vocês repararam o caixão é de madeira boa (não dá
cupim); podem desmontá-lo e fazer os
pés da cama de mamãe e outros consertos em casa.
O vidro do caixão serve para fazer um porta-retrato da
fotografia da vovó, que está, há anos
precisando de um novo. Com o forro do caixão, que é de
cetim branco (US$ 20,99 o metro)
Katiuska pode fazer o seu vestido de noiva.
Na alegria destes presentes, não esqueçam de vestir a
titia para o enterro!!!

Com amor,

Carmencita.

PS2: Com a morte de tia Josefa, tia Blanca caiu
doente. Façam os pedidos com moderação. Bicicleta não cabe nem
desmontada e carburador de Niva, modelo 1968,  aqui ninguém ouviu
falar.

Joana Marques Vidal a depor!!!

 Joana Marques Vidal que prove quem viola a Lei

Passos e Albuquerque - encostados




Hoje no Hoje
Se por cada mentira lhes caísse um dente, desde há muito que usavam dentadura postiça!

Finanças e economia sob vigilancia

A conversa da treta
(Capa do DE)

SECRETAS

Está tudo “podre”

Socrates no CM

 

No CM de hoje

Bastonária dos advogados denuncia

No JN de hoje

 

Papa Francisco - cantina dos empregados do Vaticano......


                                                                                                                            RESTAURANTE DOS EMPREGADOS DO VATICANO

Imagens valem mais que mil palavras!




PENSAMENTO INSPIRADOR

 

 

25/02/2015

Prisão preventiva e fuga de informação

<iframe src="http://rd3.videos.sapo.pt/playhtml?file=http://rd3.videos.sapo.pt/tZZ6aBity7FJckre0QzV/mov/1" frameborder="0" scrolling="no" width="640" height="360" webkitallowfullscreen mozallowfullscreen allowfullscreen ></iframe>

DCIAP - nas ruas da amargura pela auditoria


""Depois da divulgação feita pelo Expresso de erros flagrantes na transcrição de escutas telefónicas entre Paulo Portas e outro dirigente do CDS no processo Submarinos; do relato da advogada Paula Lourenço sobre procedimentos próximos do “sequestro” na detenção de arguidos no “caso Marquês”, do espectáculo diário das fugas de informação no mesmo processo, a auditoria agora conhecida (cuja divulgação foi retida até agora), fornece o enquadramento que faltava para o entendimento daqueles factos.

Se um departamento por onde passa a criminalidade violenta, o branqueamento de capitais e a corrupção, funciona como a auditoria hoje publicada o descreve, é o Estado de Direito que está em causa. Uma justiça assim não tem condições para punir os infractores e proteger os cidadãos. Alguém deveria pedir contas a quem é responsável por este estado de coisas.""

24/02/2015

Socrates ainda e mais uma das muitas...

Noticia no jornal Observador – para ler com atenção

“O procurador Rosário Teixeira, responsável pela Operação Marquês, terá chamado ontem o advogado de José Sócrates para lhe transmitir que se mantêm os pressupostos da prisão preventiva do ex-primeiro-ministro, levando assim a que a medida de coação que lhe foi aplicada seja prolongada por mais três meses – o prazo legal permitido, conta esta manhã o Correio da Manhã.

Esta manhã, contactado pelo Observador, o advogado Pedro Delille – que representa Sócrates -, garantiu não ter sido notificado de qualquer decisão. “É completamente falso que isso tenha acontecido. E nunca seria o procurador a notificar-nos, mas sim o juiz de instrução”, disse.

Segundo o mesmo jornal, essa notificação terá sido feita por fax pelo juiz Carlos Alexandre, para a prisão de Évora, quando este rumava a Lisboa, onde foi segunda-feira ouvido como testemunha no âmbito de dois processos por violação do segredo de justiça. É possível, anota o jornal, que Sócrates não tenha recebido a notificação quando chegou ao estabelecimento prisional, dado que a secretaria da prisão estava já fechada. Informação que o advogado do ex-governante também desmente ao Observador.

Os argumentos para a prisão preventiva são o de perigo de fuga e de destruição de provas. Mantida a prisão preventiva, o recurso que o Tribunal da Relação tem em mãos mantém-se, embora esteja ainda pendente porque a defesa de Sócrates ainda não mandou a sua resposta ao parecer do Ministério Público, pedido peloTribunal da Relação.

P.S. Notícia alterada às 9h20, depois da resposta do advogado de José Sócrates.”

Justiça - mais uns dados negativos

“”A lista de críticas da auditoria é longa e aponta para uma profunda desorganização no funcionamento do DCIAP. Segundo o Público, os auditores apontam para que alguns polícias destacados para coadjuvar os magistrados o tenham sido com base no conhecimento pessoal e amizade, apontando também para gastos avultados que incluem o pagamento de multas por excesso de velocidade aos motoristas do departamento e a distribuição de inquéritos sem qualquer critério.””